AVALIAÇÃO DA CAPES

A CAPES (Comissão de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior) é o órgão do Ministério da Educação responsável pelo reconhecimento e a avaliação de cursos de pós-graduação stricto-sensu (mestrado profissional, mestrado acadêmico e doutorado) em âmbito nacional. O processo de avaliação de cursos de pós-graduação realizado pela CAPES é contínuo. O curso em funcionamento deve ser avaliado a cada quatro anos (a partir de 2013), a fim de verificar se as metas propostas no projeto inicial foram plenamente atingidas no âmbito do Programa. Caso contrário, o Programa poderá ser descredenciado. Os cursos de pós-graduação são avaliados pela produção científica do corpo docente e discente, a estrutura curricular do curso, a infraestrutura de pesquisa da instituição, dentre outros indicadores.
O programa de Ginecologia e Obstetrícia manteve nos últimos triênios o conceito 5 e em 2017 recebeu o conceito 6  na avaliação da Capes, nota esta que é atribuída a cursos de nível internacional.


HISTÓRICO DE AVALIAÇÕES DO PROGRAMA PELA CAPES
Avaliação Conceito (ME|DO) Portaria/Parecer Ficha de Avaliação Capes
Quadrienal
2013/2014/2015/2016
6 Portaria MEC 609, de 14/03/2019, pág.110 Avaliação 2017
Trienal
2010/2011/2012
5 Portaria MEC 656, de 22/05/2017 Avaliação 2013
Trienal
2007/2008/2009
5 Portaria MEC 1.077, de 31/08/2012, pág. 65 Avaliação 2010
Trienal
2004/2005/2006
5 Portaria MEC 524, de 29/04/2008, pág. 30 Avaliação 2007
Trienal
2001/2002/2003
5 Portaria MEC 2.878, de 24/08/2005, pág 22 Avaliação 2004
Trienal
1998/1999/2000
4 Portaria MEC 2.530, de 04/09/2002, pág. 10 Avaliação 2001
Bienal
1996/1997
4 Portaria MEC 132, de 02/02/1999, pág. 4
Bienal
1994/1995
A Portaria MEC 490, de 27/03/1997, pág. 24
Bienal
1992/1993
A Portaria MEC 1.461, de 29/11/1995, pág. 18

 

Atualizado em 01/06/2021